COVID-19: Primeiro Óbito na Ilha do Fogo

COVID-19: Primeiro Óbito na Ilha do Fogo

A ilha do Vulcão, que só recentemente entrou nas estatísticas oficiais do novo coronavírus, regista o primeiro óbito. A vítima é Armando Alves, do Concelho dos Mosteiros.

Com este caso de morte pelas complicações derivadas do novo coronavírus, que aconteceu na noite passada, o número de óbitos, em Cabo Verde, sobe para 38.

Recorde-se que, sem avançar com o nome do doente, ontem o Diretor do Hospital Regional da Região Fogo-Brava tinha dito que havia, no Hospital de São Filipe, um homem em estado que inspirava cuidado. Segundo as informações do clínico, o indivíduo em causa tem 67 anos e padece de um conjunto de enfermidades que, quando conjugados com os efeitos da COVID-19, complicam o quadro clínico do doente. As enfermidades mencionadas são: hipertensão, diabetes, híper-colesteronomia e outras patologias.

A primeira morte causada pelo novo coronavírus causa comoção no seio das figuras políticas da ilha do Fogo. Um dos primeiros a manifestar o seu pesar é Fernandinho Teixeira, atual edil local, que não se recandidata a mais um mandato pelo PAICV. Na sua conta pessoal do Facebook, o autarca mosteirense escreve: “lamentamos com profunda dor, o passamento do nosso amigo Armando Alves (Corvo), 1.ª vitima da Covid19, no nosso Concelho”. Por seu lado, Fábio Vieira, atual candidato do PAICV nas eleições autárquicas de 2020 para o Concelho dos Mosteiros, também reagiu, mostrando a sua comoção pelo desaparecimento físico de Armando Alves: “é com profunda tristeza que tomei conhecimento da morte do senhor Armando Alves, vítima mortal da Covid-19, no concelho de Mosteiros.

Aos seus familiares e amigos, o meu mais profundo pesar e votos de consolação.

O momento é delicado, por isso devemo-nos todos manter serenos e respeitar escrupulosamente as medidas sanitárias e de segurança.

Que a terra te seja leve caro amigo e camarada Armando Alves”.

Também, Lourenço Lopes, candidato do MpD nas eleições autárquicas de 2020, manifestou o seu pesar pelo passamento daquele que é a primeira vítima da COVID-19 na ilha do Fogo, escrevendo na sua conta pessoal do Facebook, que “é com profunda consternação que tomo conhecimento da primeira vítima mortal da Covid19 no nosso querido concelho dos Mosteiros, o Senhor Armando da localidade do Corvo.

Endereço, nesta hora de dor e de perda irreparável, as minhas sentidas condolências e abraço de solidariedade aos familiares residentes no concelho e na nossa generosa diáspora e à comunidade mosteirense, de Relva a Atalaia”.

A doença provocada pelo novo coronavírus continua a fazer vítimas um pouco por todo o mundo. Em Cabo Verde, tem-se alastrado, paulatinamente, para diversas localidades das ilhas.