Santo Antão | Criadores de Gado Indignados com Mortes de Animais

Santo Antão | Criadores de Gado Indignados com Mortes de Animais

Os criadores de gado da região de Ponte Sul/Chã de Mato, no interior do Porto Novo, em Santo Antão, continuam a perder os seus animais, devorados pelos cães vadios que deambulam por essa localidade e arredores. Somam cerca de 400 cabeças de gados (cabras) dizimados pelos cães vadios. Augusto Fortes, que é o representante dos criadores de gado locais, avançou que os criadores continuam a perder os seus animais, devorados pelos cães vadios, que já mataram, ultimamente, cerca de 400 cabras.

 

De acordo com as informações avançadas pela Inforpress, desde Ponte Sul/Chã de Mato, passando pela zona baixa da cidade do Porto Novo, Planalto Leste, Santa Isabel, os criadores têm estado a alertar para o facto de estarem a perder os seus animais dizimados pelos cães abandonados, contabilizando já “avultadas perdas”.

O representante da Associação dos Criadores de Gado do Porto Novo, Romeu Rodrigues, fala em “enormes prejuízos” contabilizados já pelos criadores nos últimos anos, provocados por cães vadios.

No município do Porto Novo, recorde-se, foi criada, em março deste ano, uma comissão de acompanhamento desta problemática para “preparar medidas”, visando resolver o problema, que ameaça a atividade pecuária nesse município e em toda a ilha de Santo Antão.

 

PGV / Jornal Arquipélago – 2020.