Brenton Tarrant Condenado a Prisão Perpétua

Brenton Tarrant Condenado a Prisão Perpétua

Brenton Tarrant, autor do massacre de Christchurch,acaba de ser condenado pelo tribunal de Nova Zelândia. A sentença foi lida há três dias. Antes disso,foi ouvido por um tribunal que, para além dele, teve que ouvir mais 90 pessoas, sobreviventes aos atentados e seus familiares.

Brenton Tarrant, australiano de 29 anos, foi o responsável pela morte de 51 pessoas em duas mesquitas em Christchurch, a maior cidade que se situa na Ilha do Sul da Nova Zelândia. O acontecimento teve lugar a 15 de Março de 2019.

Naquele dia, Tarrant matou 51 pessoas e deixou 40 feridas. A maioria eramuçulmano, que frequentava as mesquitas de Al Noor e o Centro Islâmico Linwood, para fazer as suas preces numa sexta-feira.O ataque foi transmitido ao vivo pela rede social Facebook e foi visualizado por milhares de pessoas. Antes de cometer os ataques, Tarrant tinha postado um manifesto de 74 páginas nas redes sociais, mostrando o seu protesto contra o crescimento de populações minoritárias.

Tarrant foi condenado pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e prática de terrorismo. Na acusação consta que o arguido tinha a intenção de incendiar três mesquitas, o que não foipossível porque ele foi capturado quando ia a caminho de realizar o terceiro atentado.

Este crime chocou a Nova Zelândia e levou o Governo a aprovar uma legislação que restringe a posse de armas aos cidadãos.