Geórgia fará Recontagem dos Votos

Geórgia fará Recontagem dos Votos

O secretário de Estado da Geórgia disse nesta sexta-feira aos jornalistas que a Geórgia vai proceder à recontagem dos votos do Estado. "Com uma margem tão curta, haverá uma recontagem dos votos na Geórgia",  explicou Brad Raffensperger, durante uma conferência em Atalanta.


 

Faltam ainda 4 mil votos para serem contabilizados e mais outros 9 mil de militares provenientes do estrangeiro. No estado de Geórgia, existem duas maneiras de se proceder à recontagem dos votos. Se o candidato derrotado perder por uma margem inferior em a 0.5% em relação ao concorrente. Caso a margem entre os candidatos for supreior, o rival pode pedir a recontagem ao secretário de Estado, alegando “erros ou discrepâncias”. Assim sendo, cabe ao condado decidir pela recontagem dos votos.

Geórgia vai permitir que observadores de duas equipes acompanhem a recontagem com o objetivo de “defender a integridade das eleições”.

Joe Biden, candidato do partido democrata, e Donald Trump, candidato do partido republicano, estão empatados em 49.4%, mas o candidato democrata segue na frente com mais de 1.579 acima de Trump. Joe Biden segue com 264 delegado do Círculo Eleitoral contra os 214 de Donald Trump, sendo que será declarado vencedor das presidenciais aquele que conseguir garantir 270 votos no colégio eleitoral.