Portugal Autoriza Substituição da 2ª Dose da Vacina AstraZeneca por Outra

Portugal Autoriza Substituição da 2ª Dose da Vacina AstraZeneca por Outra

As pessoas com idade a baixo de 60 anos que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca, poderão receber a segunda dose de qualquer outra marca, afirma a Comissão Técnica de Vacinação contra a COVID-19 da Direcção-Geral da Saúde (DGS).

Luís Graça, um dos membros da comissão técnica, explica à rádio TSF que esta é uma hipótese que ainda está em estudo e que a DGS ainda aguarda estudos para que seja tomada uma decisão.

"Todas as vacinas usam a mesma proteína, pelo que do ponto de vista da imunologia, à partida, será equivalente a resposta imunitária induzida com uma vacina de uma marca diferente", explica Luís Graça.

Cerca de 200 mil portugueses, de várias idades, já foram vacinadas com a primeira dose da vacina AstraZeneca, e na semana passada, a DGS passou a recomendar que esta vacina fosse administrada apenas a pessoas acima dos 60 anos.

Segundo as informações da SIC,  os dados da vacina em tempo real mostram que a vacina da AstraZeneca é altamente eficaz nas pessoas com idade acima dos 65 anos.

Segundo explica Luis Graça, uma vez que o intervalo entre as doses da vacina da AstraZeneca é de 12 semanas, as autoridades têm até maio para ver o que se está a passar nos outros países, quais são as alternativas e aguardar por mais dados, sobretudo pelo trabalho que está a ser feito pela Universidade de Oxford para estudar a eficácia da vacina e a segurança de fazer uma segunda dose de marca diferente.

DSM/Jornal Arquipélago-c\SIC | Cabo Verde - Palmarejo Grande | 2021