COVID-19 | Primeiro-Ministro Visita Ilha do Fogo com Quase Mil Positivos em Três Meses

COVID-19 | Primeiro-Ministro Visita Ilha do Fogo com Quase Mil Positivos em Três Meses

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, visita hoje a ilha do Fogo, principal epicentro da contaminação pela COVID-19, onde vai inteirar-se das medidas de combate a esta pandemia. A ilha foi a penúltima a registar casos da COVID-19 no arquipélago, mas ultrapassou nesta quinta-feira, 12, os 900 casos acumulados, desde a notificação do primeiro caso, a 17 de Agosto, no dia em que registou o maior número de casos.

 

Em menos de três meses, há o registo de 916 casos acumulados da COVID-19 e seis óbitos, um número que preocupa as autoridades sanitárias para uma ilha com menos de 40 mil habitantes. Dos casos acumulados, mais de três quartos (76 %) são do município de São Filipe, sendo que, destes, 90 por cento está concentrado na Cidade de São Filipe e os seus bairros periféricos, segundo as autoridades sanitárias.

Com os dados divulgados nesta quinta-feira, em que se contabilizou mais 81 casos positivos da covid-19, sendo 72 em São Filipe e nove nos Mosteiros, a ilha do Fogo ultrapassa as nove centenas (916) de casos acumulados da COVID-19, sendo 193 dos Mosteiros, 691 de São Filipe, e, 32 em Santa Catarina, com um total de seis óbitos, distribuídos pelos municípios dos Mosteiros (01), Santa Catarina (01) e São Filipe (04).

Neste momento, a ilha contabiliza 195 casos activos distribuídos por São Filipe com 177, Mosteiros 11 e Santa Catarina do Fogo 07.

A evolução da contaminação pelo novo coronavírus na ilha do Fogo, cujo epicentro é o município de São Filipe, mais concretamente a cidade de São Filipe está na base da deslocação, hoje, à ilha do Fogo, do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva. Este, vai ser acompanhado pelo Ministro-Adjunto, o Presidente do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros e pelo novo Director Nacional da Saúde e tem agendado um encontro com os principais responsáveis da Saúde e de outras Instituições, por volta das 17:00, no auditório Padre Pio Gottin, que fica ao lado do Hospital Regional São Francisco de Assis, segundo o director deste estabelecimento, Evandro Monteiro.

PLS/Jornal Arquipélago – 2020.