Boa Vista | Centro da Juventude Reúne Jovens Para Debate Sobre Negócio e Empreendedorismo

  Boa Vista | Centro da Juventude Reúne Jovens  Para Debate Sobre Negócio e Empreendedorismo

O Centro da juventude reuniu dezanove jovens para a primeira sessão de debate no salão nobre da Câmara Municipal da Boa Vista, para apresentação de ideias sobre negócio e empreendedorismo.

O tema da reunião é ‘brainstorming’, uma expressão inglesa e para o debate ou “chuva de ideias”, os jovens de boa Vista irão discutir outros temas como, empreendedorismo, projectos e ideias empreendedores, para que no final sejam seleccionados os três melhores projetos a serem financiados.

Os participantes que estavam divididos em seis grupos, trocaram ideias sobre projetos que poderão ser desenvolvidos na ilha, na maioria ligados ao turismo, hotelaria, tecnologia e educação, e de seguida, apresentaram os  projetos que pretendem desenvolver.

O director do Centro da Juventude, Rui Lima, explicou que nesta primeira sessão procurou saber qual seria o balanço e a resposta dos participantes, para saber como é que na fase seguinte irá começar a desenvolver os projectos, colocá-los no papel e apresentá-los a outros parceiros, potenciais financiadores dos mesmos.

O diretor disse ainda, que o projecto passará por diversas fases, primeiro  os participantes irão definir as ideias de projecto, e de seguida, pretende avançar para o próximo passo que será, gerar e planear ideias de negócio para fazer um estudo de viabilidade.

Já na fase três, a fase de seleção, Rui Lima afirma que irá seleccionar no mínimo os três melhores projetos a serem financiados pela Câmara Municipal da Boa Vista e os potenciais parceiros. Afirma também que o número de projectos seleccionados, poderá ser maior dependendo da resposta dos parceiros, potenciais financiadores deste projecto e do orçamento da Câmara Municipal para o próximo ano.

O mesmo explica que isto deve-se ao facto da Câmara Municipal da Boa Vista estar a certificar e a elaborar o orçamento para o próximo ano, daí, avança que vai apresentar esta proposta a fim de ver o que poderá ser implementado, e se este projecto poderá encaixar ou não no orçamento da autarquia para 2021.

Dízio Ferreira, o convidado para conversar com os participantes sobre a sua experiência como empreendedor na área de recursos humanos, administração e recrutamento, classifica louvável a iniciativa, pois mostra e impulsiona jovens a independência de criar seus próprios negócios.

Ferreira afirmou que os jovens têm várias ideias e projetos e por isso a necessidade de criar mais oportunidades para que os jovens abram a mente no mundo de negócios.

DSM/Jornal Arquipélago c/Inforpress