Dez Deputados Africanos Morrem de COVID-19

Dez Deputados Africanos Morrem de COVID-19

Cerca de uma dezena de deputados de Países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) já perderam a vida por causa da COVID-19. No entanto, o Fórum Parlamentar diz-se preparado para enfrentar a situação provocada pela pandemia do novo coronavírus.

 

 

Há vários países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral que têm registo de parlamentares que perderam a vida por causa do novo coronavírus. Ao todo, são perto de dez mortes de parlamentares. Distribuem-se por países como Maurícias, Zimbabwe, Malawi, Madagáscar e Angola. Esta é uma notícia confirmada pelo jornal moçambicano “O País”, à medida que os representantes de alguns países intervinham na 47ª sessão ordinária do Fórum Parlamentar da SADC (FP SADC).

“Temos a lamentável informação de que alguns dos parlamentos perderam seus membros devido à pandemia da COVID-19. Em nome dos deputados do fórum e, em meu nome pessoal, apresentamos as mais sentidas condolências e a nossa solidariedade às famílias enlutadas”, afirma a presidente Esperança Bias, durante o encerramento da 47ª sessão ordinária do FP SADC, citada pelo jornal moçambicano OPAÍS. A supracitada afirma, ainda, que a região está forte para enfrentar todas as situações e os desafios que a doença impõe. “Os nossos esforços como região não abrandaram, apesar de todos os desafios que o mundo enfrenta actualmente”, considerou Esperança Bias acrescentando “estar convicta” de que a colaboração entre os membros do Fórum Parlamentar da SADC será reforçada na medida em que se consolidar o chamado “novo normal”.

No continente africano, os dados da Africa CDC apontam para 1.570.112 casos de infeção pelo novo coronavírus, dos quais se conta 38.204 mortes. Os recuperados ficam na cifra de 1.298.112 indivíduos.

O novo coronavírus apareceu na China, em Dezembro de 2019. Tem provocado infeções e mortes um pouco por todo o mundo, tendo os EUA, neste momento, como o epicentro da pandemia.