Governo Investiu Neste ano Cerca de 30 mil Contos Para 509 Doentes Evacuados para Portugal

Governo Investiu Neste ano Cerca de 30 mil Contos Para 509 Doentes Evacuados para Portugal

Numa visita à Gabinete de Atendimento das Evacuações Externas, no Plateau, o Ministro da Família e Inclusão Social, Fernando Elísio Freire, afirma que o Governo de Cabo Verde investiu cerca de 30 mil contos para 509 doentes evacuados para tratamento em Portugal, com direito a subsídios de rendimento mensais, resultado de um enorme esforço financeiro governamental com melhoria consideravelmente no alojamento.

Elísio Freire explica que, a Embaixada de Cabo Verde em Portugal e os serviços em Cabo Verde dão um tratamento adequado ao processo que envolve 509 cabo-verdianos fora do sistema de contribuição social e 161 acompanhantes.

Por outro lado, afirma que em 2016 as pessoas só recebiam 17 dias de subsídio, porém atualmente, recebem 30 ou 31 dias conforme o mês, adiantando que tudo isso demonstra  o esforço financeiro feito pelo Governo para tratar toda esta situação. O governante destaca ainda, a forma e a “celeridade” do processo, com a criação de centros nacionais de proteção Social em Sotavento e Barlavento, exclusivo para questões de transferências médicas.

 “Tudo isto é um esforço financeiro enorme do Governo de Cabo Verde. Isto demonstra bem a importância que damos a esta matéria. E no último Orçamento do Estado, através do Orçamento Retificativo 2020, aumentamos este valor em mais 7%”, rematou o Titular da Pasta da Família e Inclusão Social”. 

Elísio Freire diz ainda que, apesar de todas as restrições este ano devido à pandemia, os países receberam os 107 doentes e os 40 acompanhantes  evacuados com a autorização do Governo, através do Ministério da Saúde e Segurança Social, do Centro Nacional de Prestações Sociais.

O Centro Nacional de Prestações Sociais, como um dos intervenientes no processo de evacuação externa de doentes beneficiários da proteção social do regime não contributivo, tem como responsabilidade a preparação dos processos administrativos e logísticos da viagem, bem como a assunção dos custos associados ao serviço.

DSM/Jornal Arquipélago